Cavalos Rápidos

[…]
“A espera entre um páreo e outro é que chateia. Vejo o tempo correndo feito água morro abaixo. E eu ali: “Hei, espere por mim. Já não sou mais tão rápido para alcançá-lo!”. Mas quando é dada a próxima largada, mergulho na água e sou levado pela correnteza.”
[…]

O trecho acima pertence ao conto Páreo Corrido que pode ser lido na íntegra na página “Contos” deste mesmo sítio. O caráter do personagem, também um amante das corridas, foi extraído do grande mestre Charles Bukowisky.
“Páreo Corrido” foi premiado no concurso literário Luiz Vilela 2008.

Anúncios

Uma resposta to “Cavalos Rápidos”

  1. ÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊ!!

    Eu sei que já disse antes, mas parabéns, Leo!

    Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: