O Cemitério Perdido dos Filmes B

Gênios ou loucos? Aproveitadores ou revolucionários? Conheça a história de homens e mulheres que não desfilaram pelos tapetes vermelhos de Hollywood. Personagens que escreveram a história do cinema por linhas tortas, pavimentando o caminho para as grandes produções. Nomes como Roger Corman, Russ Meyer, Mario Bava, Terence Fisher e Jess Franco, que abriram passagens, quebraram tabus e tornaram-se mitos, influenciando até hoje cineastas da estirpe de Tim Burton e Quentin Tarantino. O Cemitério perdido dos Filmes B traça um panorama do Cinema de baixo orçamento através das resenhas de 120 produções de diversos gêneros. Um retrato honesto e divertido dos heróis não celebrados da Sétima Arte.

O texto acima é de Cesar Almeida, autor do livro mais recente sobre o cinema marginal que será lançado no próximo sábado em Porto Alegre. Cesar seleciona obras importantes e nos ajuda a entender o contexto que envolve as produções menos badaladas do cinema. Para quem busca algo mais do que os enlatados oferecem, aí está um ótimo começo e prepare-se para se apaixonar.

Sessão de Autógrafos do “Cemitério Perdido dos Filmes B”

Dia: 06/03 – 20:00h > Local: Instituto NT Cinema (Marques do Pombal, 1111 – Porto Alegre)

Anúncios

Uma resposta to “O Cemitério Perdido dos Filmes B”

  1. Cesar Almeida Says:

    Muito obrigado pela força, meu velho! Nos vemos lá no sábado! Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: