A “tua” fuga

[…]

“És agora apenas teus olhos que tu fazes girar freneticamente mas que não abarcam mais nada além daquela paisagem de sonho, até que enxergas um enorme e negro passáro entrar na estática cena que vês.”

[…]

Trecho de “Fuga”, conto incomum de Paulo Juner. A Narração em segunda pessoa provoca uma sensação perturbadora no leitor.
Acesse o ambiente “Convidados” neste sítio e leia na íntegra o conto de Juner.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: