Sufoco

[…]
“E eu que repetidas vezes afirmei que daria a vida por ela — pois isso sempre me pareceu a coisa certa a fazer — agora, que chega o momento de por essa verdade à prova, sinto-me horrorizado. Desconfiado das minhas convicções, vejo-me descobrindo a verdade sobre minha própria natureza.”
[…]

Situações extremas são reveladoras. Um processo de autodescoberta que nem sempre é agradável.
Descubra o que aconteceu com o narrador do trecho reproduzido acima acessando o conto “Falta de Ar”, na seção CONTOS no menu lateral deste blog.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: