Noite-Égua

Um dos bons lançamentos deste ano na literatura riograndense é Noite-Égua, o primeiro romance do autor, Nelson Rego. Noite-Égua narra a história de um fantasma que habita um velho edifício do bairro Cidade Baixa em Porto Alegre, e interfere na vida da família que vive o prédio há várias gerações.

Nelson que já se mostrara um excelente autor de contos – seu livro “Daimon junto à porta” conquistou o premio Açorianos na categoria em 2011 -, mostra que tem fôlego pra mais.

O estilo narrativo se mantém. Relações amorosas com uma dose de erotismo, a ambientação descritiva e a narrativa inteligente fazem de “Noite-Égua” uma agradável leitura.

Duas passagens se destacam com mais força no romance: a reprodução da carta que teria sido escrita por uma antiga enfermeira sob a influência do mau espírito e o diálogo quase esquizofrênico do protagonista com o fantasma que ele julga estar a observá-lo no escuro.

Embora o enredo tenha componentes fantásticos, Nelson não se detém em reviravoltas e surpresas, está preocupado com a linguagem e em manter a tensão elevada ao longo de toda a história. E consegue.nelsonrego_capa_noite_egua_dupla

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: