Assim nascem os blues – Cena VI: Incompreendido

Naqueles tempos a diversão não era completa. Por força da sua reputação boêmia ele manteve a frequência ao clube de blues da cidade, mesmo depois de casado. Todos sabiam que ele era um sujeito difícil de domar. Não era aquela a primeira Dona que assumira o desafio acreditando em uma conversão do marido que desde muito cedo era qualificado com uma série de predicados que desencorajariam qualquer pretendente a um relacionamento mais sério.

No entanto, alguma coisa estava diferente daquela vez. Embora ele relutasse em assumir as responsabilidades de um homem casado, passara a sentir um conflito entre as suas vontades, a ponto de despertar estranheza naqueles que o conheciam de longa data.

A esposa, que como já sabemos fora convencida a acreditar nas promessas do marido — que as fizera em aparente contragosto —, havia sido tomada de grande infelicidade por entender que perdera a aposta: “Os homens do blues são incorrigíveis. Não há espaço para mim na sua vida”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s