Assim nascem os blues – Cena VIII: Casada com o Blues

É duro ter de voltar todo o dia para uma cama fria. Mas desde que seu último amante fez as malas, ela não teve mais ninguém para lhe aquecer. Amassou e jogou fora o bilhete que ele deixou, mas gravou na memória sua pequena despedida: “Não posso ser seu marido, você já é casada com o blues”.

Mesmo quando faz bem o seu trabalho em cima do palco, o máximo que consegue é um amor morno. Uma companhia por apenas uma noite. Como sonhar com alguém que queira ficar, se ela é casada com o blues?

Um comentário sobre “Assim nascem os blues – Cena VIII: Casada com o Blues

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s