Arquivo para frases

Sobre escrever IX

Posted in Gotas de Literatura, Sobre Escrever with tags , , on novembro 17, 2016 by Leonardo Colucci

[…]

“Os livros são feitos daquilo que nos falta”

[…]

– Juan Carlos Onetti

Anúncios

Sobre escrever VIII

Posted in literatura, Sobre Escrever with tags , , , , on novembro 9, 2013 by Leonardo Colucci

[…]

“Que a inspiração chegue não depende de mim. A única coisa que posso fazer é garantir que ela me encontre trabalhando.”

[…]

Frase de Pablo Picasso que se aplica para qualquer produção artística, inclusive literatura

Sobre escrever VI

Posted in literatura, Sobre Escrever with tags , , , , on julho 31, 2013 by Leonardo Colucci

[…]

“Livros não mudam o mundo,quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas.”

[…]

Mario Quintana

Eles sabem o que dizem V

Posted in Gotas de Literatura, literatura with tags , , , , on julho 9, 2013 by Leonardo Colucci

[…]

“Preciso tanto de dormir! Não é descanso que procuro. Quero, sim, ausentar-me de mim. Dormir para não existir.”

[…]

Palavras de Arcanjo Baleiro em “A Confissão da Leoa” de Mia Couto

Veja mais “gotas de literatura” na seção Conta Gotas deste sítio

Eles sabem o que dizem IV

Posted in Gotas de Literatura, literatura with tags , , , , on junho 2, 2012 by Leonardo Colucci

[…]

“O fato é que aquela era a mulher mais bonita que eu já tinha visto. Pra ser mais preciso: a mais bem formada. Loira, alta, com um olhar que fazia você voltar à infância. Um olhar aveludado, com lampejos de tristeza e determinação. Além disso, tinha olhos esplendorosos e uma pele muito branca, com aquele tom oliva que se vê em abundância no Mediterrâneo. Uma mulher de sonhar acordado, mas também de viver junto e compartilhar dificuldades e maus momentos.”

[…]

Palavras de Romero em “Estrela Distante” de Roberto Bolaño

Veja mais “gotas de literatura” na seção Conta Gotas deste sítio

Sobre Escrever I

Posted in literatura, Sobre Escrever with tags , , on outubro 24, 2011 by Leonardo Colucci

[…]

“O menos que um escritor pode fazer, numa época de atrocidades como a nossa, é acender a sua lâmpada, fazer luz sobre a realidade de seu mundo, evitando que sobre ele caia a escuridão, propícia aos ladrões, aos assassinos e aos tiranos.”

[…] 

Erico Veríssimo em “Solo de Clarineta”

Porto Alegre 6ºC

Posted in literatura with tags , , , on junho 29, 2011 by Leonardo Colucci

“el invierno me gusta

 si hace calor”
 

Mario Benedetti